QUATRO DÉCADAS PERSUADINDO LEITORES: UMA APLICAÇÃO DO ELM NO ESTUDO DO USO DE ROTAS CENTRAIS E PERIFÉRICAS EM ANÚNCIOS IMPRESSOS DE VEJA.

  • Josmar Andradre Escola de Artes, Ciências e Humanidades
  • Miguel Angelo Hemzo Escola de Artes
  • José Afonso Mazzon Administração e Contabilidade

Resumen

O presente estudo usa a fundamentação teórica do Modelo de Probabilidade de Elaboração (ELM), de grande relevância para estudos sobre persuasão, para analisar a evolução dos elementos de título, corpo de texto e imagens utilizados na composição de anúncios publicados na revista Veja entre 1968 e 2008. Segundo o modelo, existem duas rotas para o processamento cognitivo: a central, mais racional e objetiva, e a periférica, acionada por elementos estéticos, emocionais e subjetivos. Os resultados mostram que, ao longo do tempo, o corpo do texto sempre foi utilizado para acionar rotas centrais, enquanto que a imagem vem evoluindo, em direção ao aumento da rota periférica. O título está se transformando, com maior acionamento de rotas centrais nas últimas décadas, em comparação à predominância periférica dos primeiros anos.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Josmar Andradre, Escola de Artes, Ciências e Humanidades

Professor Doutor do Curso de Marketing da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH/USP).

Miguel Angelo Hemzo, Escola de Artes

Professor Doutor do Curso de Marketing da Escola de Artes

José Afonso Mazzon, Administração e Contabilidade

Professor Livre-Docente do Curso de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA/USP)

Cómo citar
Andradre, J., Hemzo, M. A., & Mazzon, J. A. (1). QUATRO DÉCADAS PERSUADINDO LEITORES: UMA APLICAÇÃO DO ELM NO ESTUDO DO USO DE ROTAS CENTRAIS E PERIFÉRICAS EM ANÚNCIOS IMPRESSOS DE VEJA. Comuni@cción: Revista De Investigación En Comunicación Y Desarrollo, 2(2), 16-26. Recuperado a partir de https://comunicacionunap.com/index.php/rev/article/view/18
Sección
Artículos